Entidade Delegatária

A ideia da criação de um Consórcio para unir governos, empresas e as entidades da sociedade civil visando fortalecer a gestão compartilhada do meio ambiente e dos recursos hídricos, surgiu pela primeira vez em 1986, durante o I Encontro de Meio Ambiente da Região dos Lagos.

No entanto, somente treze anos depois a ideia se tornou realidade, quando em 17 de dezembro de 1999 foi formalmente criado o Consorcio Intermunicipal para Gestão Ambiental da Bacia da Região dos Lagos, do rio São João e Zona Costeira, comumente chamado de Consórcio Intermunicipal Lagos São João – CILSJ.

A atual composição do CILSJ conta com treze prefeituras municipais, cinco empresas e uma plenária com sete instituições da sociedade civil organizada. De acordo com seu estatuto, são finalidades do CILSJ:

I – representar o conjunto de associados que o integram em assuntos de interesse comum e de caráter ambiental, perante quaisquer entidades de direito público ou privado, nacionais ou internacionais;

II – planejar, adotar e executar planos, programas e projetos destinados a promover e acelerar o desenvolvimento sustentável e a conservação ambiental;

III – promover programas e ou medidas destinadas à recuperação, conservação e preservação do meio ambiente, com especial atenção para os solos; as serras; as planícies, as lagoas e lagunas de Jaconé, Saquarema, Araruama e demais lagunas e lagoas de menor porte; os rios e córregos das bacias dos rios São João e Una e da represa de Juturnaíba, a Mata Atlântica, a restinga, as savanas estépicas, as microbacias, praias, costões rochosos, ilhas, enseadas e zona costeira;

IV – promover a integração das ações, dos programas e projetos desenvolvidos pelos órgãos governamentais e empresas privadas, consorciados ou não, destinados a recuperação, conservação e preservação ambiental;

V – promover medidas, de aspecto corretivo ou preventivo, destinados a conservação do meio ambiente e a despoluição de rios, represas, lagoas, lagunas e praias;

VI – gestionar junto aos órgãos públicos, às instituições financeiras e à iniciativa privada, recursos financeiros e tecnológicos destinados ao desenvolvimento sustentável da região;

VII – dar apoio técnico ao Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos, aos conselhos gestores de lagoas, lagunas e reservatórios, e aos comitês de bacia que foram eventualmente criados pelo poder público estadual, para execução dos planos e programas definidos por essas instâncias;

VIII – dar apoio operacional como delegatária aos Comitês de Bacia estaduais, inexistindo limites intermunicipais para as finalidades a que se propõe, podendo assim exercer outras atribuições que lhe sejam cometidas, desde que compatíveis com a sua finalidade, e que venham acompanhadas de aporte dos recursos financeiros necessários.

Faça download das Resoluções de Delegação, através dos links abaixo:

Resolução CERHI-RJ Nº 47 DE 26 DE MAIO DE 2010
Resolução CERHI-RJ Nº 185 DE 25 DE OUTUBRO DE 2017

Acesse o site do Consórcio Intermunicipal Lagos São João, clicando aqui.

Equipe CBHLSJ

Jéssica Cavalcante Berbat – Assistente Administrativa

Luís Fernando Faulstich Neves – Analista Técnico

Samara Miranda Porto da Hora Barros – Estagiária

Equipe Delegatária

Adriana Miguel Saad – Secretária Executiva do CILSJ

Cláudia Magalhães e Silva – Coordenadora Técnica-Administrativa do CILSJ

Marianna Rodrigues Gullo Cavalcante – Coordenadora de Projetos do CILSJ

Bianca da Silva Carvalho – Assistente Administrativa do CILSJ

Robson José Oliveira Souza – Assistente Administrativo Financeiro do CILSJ